23 ago

Advogado correspondente? Saiba como começar nessa carreira

ser advogado correspondente

Antigamente, ser advogado correspondente era uma alternativa para quem tinha acabado de sair da faculdade de direito, conquistado a aprovação da OAB, mas não sabia muito bem como conduzir a carreira. Entretanto, hoje a profissão de correspondente jurídico é muito mais valorizada, já que empresas e escritórios passaram a enxergar valor na logística jurídica.

Preparamos esse texto para você que está pensando em seguir a carreira de ser advogado correspondente. Nele você confere algumas dicas para começar a atuar nesse mercado e também para se consolidar nessa profissão. Continue acompanhando para saber mais!

Quem pode ser advogado correspondente?
Ainda existe um pouco de confusão acerca dessa questão. Afinal, quem pode ser advogado correspondente e quais as funções que ele pode exercer? As dúvidas surgem do fato de
que existem algumas atribuições que os escritórios podem terceirizar, mas que não necessariamente devem ser exercidas por um advogado.

Então, é importante diferenciar a figura do advogado correspondente da do correspondente jurídico. Para poder ser advogado correspondente, é necessário ser formado em direito e ter a registro na OAB. O correspondente jurídico, por sua vez, pode ser um estudante de direito ou um bacharel que ainda não prestou o Exame da Ordem.

A grande diferença é que o advogado está apto para realizar todas as funções, desde processos mais simples como protocolar processos nas instâncias cabíveis até aquelas mais complexas, que só podem ser feitas por bacharéis registrados na OAB. É o caso de perícias, cargas do processo e até mesmo audiências.
Já o correspondente jurídico que não é advogado não pode realizar essas últimas atividades, ficando responsável somente por tarefas como protocolar processos nas varas, levar documentos para as autoridades cabíveis e requerer cópias.

 

Quer ser um advogado correspondente? Conheça 3 dicas para começar

Se você quer investir na carreira de advogado correspondente, por qualquer que seja o motivo, nós vamos te ajudar com algumas super dicas para você começar.

Acompanhe!

 

Procure uma empresa especializada

A melhor maneira de começar é procurar uma empresa especializada em logística jurídica e se cadastrar na plataforma deles.
Afinal, não adianta você oferecer um serviço e ninguém saber disso, não é?

Essas empresas tem uma grande base de clientes que aumenta a todo momento. Muitos escritórios de advocacia ou empresas que precisam contratar correspondentes recorrem a elas, para facilitar o processo.
Portanto, estar presente nelas é uma forma de vitrine para o seu trabalho.

As bases de advogados dessas empresas separam os profissionais por região e especialidade e fazem o intermédio entre você e o cliente, tornando o processo mais fácil para todos. Vale a pena!

 

Utilize o LinkedIn

Outra grande vitrine que você pode utilizar para iniciar a carreira de advogado correspondente são as redes sociais, mais especificamente o LinkedIn. Enquanto outras redes como Facebook e Instagram são mais para entretenimento, o LinkedIn é uma rede corporativa. Por isso, você deve utilizá-lo para criar conteúdo, buscando se tornar um influenciador, mas também para participar de grupos sobre direito e advocacia, tornando-se conhecido de pessoas do meio. Como o LinkedIn é uma rede social muito utilizada por advogados, com certeza é um espaço que você deve estar presente e usar com sabedoria.

 

Invista em networking

Nossa última dica também é muito importante para quem quer começar uma carreira e correspondente. Na verdade, ela é fundamental para qualquer pessoa que esteja no mundo dos negócio ou em busca de colocação profissional. Portanto, faça um esforço extra e invista em networking.
Para isso, você pode utilizar o LinkedIn, como já falamos, ou pode usar outras estratégias tão assertivas quanto. Uma boa forma de conhecer pessoas e criar relacionamentos é participar de cursos, congressos ou até mesmo uma pós-graduação. As pessoas que estão nestes locais podem ser ótimos contatos para você.

Agora que você já sabe quem pode ser advogado correspondente e que essa carreira está cada vez mais valorizada, é hora de colocar as nossas dicas em prática e buscar se consolidar na profissão. Com certeza é um excelente caminho para seguir!
E para começar, você pode entrar em contato conosco e fazer parte do quadro de advogados correspondentes da Logjur. Nós somos pioneiros no mercado de logística jurídica brasileira e atendemos todas as regiões do país.
Saiba como nós podemos te ajudar!

related posts

add a comment