07 maio

Mentoria e as habilidades dos novos líderes em 5 passos

 

Olá, por mais aptidão e talento que um indivíduo possa ter para coordenar o processo de crescimento de uma equipe, o fato é que nenhum líder nasce pronto, mas, sim, é fruto de um longo processo de construção que envolve a experiência na lida diária com outros profissionais, a arte de saber ouvir e dialogar, além de, sobretudo, estar apto a constantemente extrair ensinamentos advindos da trajetória que escolheu seguir em sua carreira.

Ademais, é preciso salientar que, hoje, para assumir a liderança de um negócio, é crucial ir além dos padrões tradicionais de gestão, sobretudo porque o profissional encarregado de conduzir o sucesso de uma empresa será o principal agente para a transformação de uma cultura organizacional, encarregado da harmonização e eficiência das atividades internas, da motivação de toda a equipe e deve também ter capacidade e abertura para preparar seus times diante do cenário de transformação digital que impera nas organizações contemporâneas.

Sendo assim, questões básicas como buscar uma relação de proximidade com seus colaboradores e desenvolver suas aptidões para os desafios do futuro mediante treinamentos e avaliações de desempenho estão no cerne de qualquer atividade de liderança.

Além disso, é preciso estabelecer uma comunicação clara e assertiva entre todos os entes de uma organização, mostrando e agindo com transparência e responsabilidade em suas ações dentro daquele negócio.

Tais ações são fundamentais, e contribuirão para uma liderança exemplar e motivadora. Vale salientar, entretanto, que do mesmo modo que devemos atuar em prol do desenvolvimento de nossos colabores, por conseguinte, não podemos esquecer de nossa própria necessidade de constante autodesenvolvimento.

Devemos, pois, estar abertos para a mudança de hábitos, e para a realização de esforços em prol de um ambiente colaborativo, criativo e inovador.

Diante deste preâmbulo, separei alguns passos que considero indispensáveis em um processo de construção de lideranças. Friso que não acredito em fórmulas mágicas, mas no trabalho e comprometimento com certas atitudes que tendem a favorecer não só a condução de uma equipe, mas a própria formação de novas lideranças, papel que, a meu ver, deve estar no eixo-central de ações de qualquer gestor.

01. Neste sentido, o primeiro passo para uma liderança de sucesso, a meu ver, envolve a transmissão de confiança a equipe. Uma vez que os colaboradores possam confiar em seus supervisores, terão mais segurança em questionar possíveis dúvidas, liberdade para realizar suas tarefas com maior engajamento e autoconfiança e, consequentemente, o trabalho será mais produtivo dentro da corporação. Vale salientar também que uma equipe confiante desenvolve, naturalmente, um senso de autonomia e liberdade necessárias para os impulsos de inovação.

02. Outro passo importante é enfrentar os desafios com proatividade. No ambiente corporativo, muitos serão os obstáculos a serem superados.

Para que as melhores atitudes sejam tomadas diante destes cenários instáveis, é essencial se portar com proatividade e segurança, administrando situações difíceis e desafiadoras com calma e inteligência.

03. Saber ouvir e dialogar, como reforçado acima, faz parte do caminho de qualquer líder e vai além – todos nós podemos aprender com outro por meio deste exercício que envolve empatia e abertura. Neste sentido, procure escutar o que os colaboradores têm a dizer a seu respeito. Seja receptivo a feedbacks e busque melhorar seu comportamento ou atitudes através de críticas construtivas. Isso proporcionará uma aproximação entre você e os demais profissionais. É importante, ainda, prestar apoio a toda equipe. Compreenda suas motivações e anseios. Tais atitudes em conjunto proporcionarão o ambiente positivo e colaborativo para o desenvolvimento de trabalhos com eficácia.

04. Posicione-se com ética e responsabilidade.
Para conquistar a confiança e respeito dentro do ambiente de trabalho, é preciso, além de todos os passos anteriores, atuar com integridade, dando o exemplo necessário para que atitudes éticas e responsáveis sejam cultivadas dentro de seu ambiente de trabalho.

05. Para encerrar, seja capaz de tornar-se o mentor de novos líderes. O caminho da liderança, a meu ver, está diretamente ligado a ideia de mentoria, ou seja, a capacidade de instruir, desenvolver competências e lapidar talentos, deixando um legado de profissionais capazes de enfrentar desafios e conduzir a construção de novas lideranças. Em suma: um caminho contínuo, árduo, cheio de desafios, mas que, quando bem conduzido, é capaz de contribuir para a construção de ambiente econômico e social positivo e inovador.

Um abraço,


Celina Salomão
Empresária, Empreendedora, Advogada e Mentora.

related posts

add a comment