07 jul

A inovação no gerenciamento do contencioso de massa

A rotina de um escritório jurídico, como se sabe, é repleta de desafios. Dentre eles, a gestão de contencioso de massa é um dos que exige mais atenção por parte das organizações, uma vez que envolve profissionais de diferentes categorias, litígios de fontes diversas e a necessidade de coordenar ações tão múltiplas quanto o acompanhamento de um processo ou a organização de pautas de audiência.

Diante deste quadro, muitos advogados encontram dificuldades no processo de alinhamento entre o gerenciamento do contencioso e a concentração em sua especialidade profissional. De sorte que, atualmente, já é possível contar com o suporte de ferramentas capazes de otimizar este controle e melhorar o dia a dia de advogados de todo o país.

Mas a tecnologia, em uma área tão complexa quanto o direito, por si só, não basta. E aqui entra o B.P.O. jurídico, uma forma inovadora de se trabalhar com grandes volumes de processos. Neste artigo, explico porque este modelo de outsourcing tem muito a contribuir com os negócios do setor.

O B.P.O. Jurídico e suas vantagens

Porque investir em um modelo de outsourcing? Este é um questionamento natural e comum feito por muitos advogados quando tratamos do tema. A resposta para esta pergunta envolve dois aspectos: econômico e administrativo.

Aspecto econômico

Sob o viés econômico, organizar um grupo de profissionais realmente qualificado para gerir um contencioso de massa envolve altos custos tanto do ponto de vista da implementação de tecnologias, quanto do capital humano. Com o B.P.O. Jurídico, por sua vez, temos uma redução de custos significativa sem que se abra mão de profissionais especializados no gerenciamento de grandes volumes de processos.

Aspecto administrativo

Formar equipes, dividir tarefas, controlar prazos e ainda cuidar das relações com clientes não é algo simples. Sob o viés administrativo, contar com o suporte do B.P.O. dá aos escritórios e advogados uma maior liberdade para se concentrar nos aspectos-chave de suas rotinas de trabalho e na atenção com clientes, deixando a cargo de especialistas focados exclusivamente nesta atividade, a gestão do contencioso.

Feitas estas observações, listo agora outras vantagens que o B.P.O. jurídico pode oferecer:

Automatização do fluxo de trabalho

Para otimizar os processos de gestão do contencioso de massa, um escritório de B.P.O. jurídico precisa contar com tecnologias e softwares de ponta que automatizem todas os serviços contratados e organize informações em uma plataforma segura.

Redução de prazos e custos

Justamente por dispor do suporte de ferramentas avançadas, o outsourcing gera uma redução significativa nos custos e prazos dos processos relacionados ao gerenciamento de contencioso, melhorando assim a gestão de litígios e permitindo que os escritórios agreguem valor aos seus serviços.

Suporte de profissionais especializados

Finalmente, só com profissionais qualificados é possível unir ganhos em otimização, sem que se perca a qualidade e confiabilidade na gestão dos processos.

Conclusão: tecnologia e qualificação podem e devem caminhar juntas

Para concluir, gostaria de observar que, nas últimas décadas, o direito evoluiu consideravelmente no plano da inovação. Novas tecnologias nos oferecem a possibilidade de melhorar o gerenciamento das rotinas de nossa profissão e ainda aliviar os custos das operações – fator essencial em momentos de instabilidade econômica como este que ainda vivemos.

Este cenário é extremamente positivo, mas, não devemos nos esquecer que, só quando a tecnologia e a qualificação profissional caminham juntas, é que temos a resposta ideal para os desafios do nosso setor. O B.P.O. jurídico oferece esta resposta no plano do gerenciamento do contencioso de massa. Que tal conhecê-lo melhor?

Celina Salomão
Advogada, consultora e mentora | Sócia-gestora na LOGJUR | Especialista em gestão de negócios na área jurídica

related posts

add a comment