07 abr

Atenção para custo de operação e fluxo de caixa deve ser prioridade em tempos de crise, afirma consultoria

fotolia_97287975

Falha na gestão pode ser mascarada com aumento de faturamento; a sugestão é voltar os olhos para dentro da empresa

Em tempos de retração na economia, empreendedores de pequenas e médias empresas tendem a cometer o mesmo erro: aumentar a receita com a adição de novos clientes e deixar em segundo plano a própria empresa.

Segundo a consultoria Great Group, esse é um erro comum e perigoso já que, quando a economia vai bem e o consumo está crescendo, procurar por novos clientes pode funcionar. E enquanto as falhas na gestão são mantidas e não há controle de custos, o problema pode ficar disfarçado no aumento do faturamento.

A realidade aparece quando a demanda cai e as fragilidades ficam expostas. Quando o consumo diminui, os empreendedores têm menos dinheiro em caixa e então não conseguem quitar suas dívidas com fornecedores e bancos. Por isso a importância de se prestar atenção nos gastos da empresa, o fluxo de caixa e o custo da operação. Com as informações claras, é mais fácil identificar cortes de despesas necessários.

related posts

add a comment